Parceiros



TRE mantém cassação da prefeita de Italva por compra de votos

Autoria: Redação  |  Fotos: Divulgação



Na sessão plenária desta quarta-feira (10), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmou a cassação do diploma de Margareth do Joelson (PP), prefeita de Italva, por compra de votos na eleição de 2016.

A condenação em primeira instância aconteceu em dezembro de 2017.

De acordo com a decisão, houve promessas de emprego e pagamento de exame médico para eleitores em troca de votos.

Segundo o TRE, Margareth e o vice-prefeito Bruninho (PV) ainda podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

Ainda de acordo com o Tribunal, a prefeita permanece no cargo até o julgamento de eventuais embargos de declaração ou o esgotamento do prazo para interposição do recurso em segunda instância.

A prefeita informou através de sua assessoria de imprensa que se considera inocente das acusações e que vai recorrer da decisão.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo