Parceiros



Revitalização da Praça do Suspiro, em Friburgo, será inaugurada

Autoria: Redação  |  Fotos: Divulgação


Na terça-feira (25), a Praça do Suspiro, em Nova Friburgo, será o cenário da inauguração de revitalizações que resultam da união de artistas, empresários, administração municipal, entidades e instituições cujo interesse é promover a melhoria dos espaços públicos e da qualidade de vida dos habitantes locais. A iniciativa é decorrente do Urban Hacking, evento realizado no dia 24 de junho, pelo Sebrae/RJ, que visa a intervenção dos espaços públicos para proporcionar maior interatividade e integração de turistas e moradores com a cidade.

A cerimônia, que é aberta ao público em geral, acontecerá a partir das 17h30 e contará com a inauguração dos seguintes itens na Praça do Suspiro:

- Luz da Cruz no Morro do Teleférico;

- Iluminação da Fonte do Suspiro e da Praça dos Trovadores;

- Painel de Mosaicos: “Multiplicidade de Encantos e Tradições: Florindo Nova Friburgo”;

- Jardim e Painel com NF.

Vale lembrar que, durante a realização do Urban Hacking, em junho, na Praça do Suspiro, algumas ações de melhoria já haviam sido tomadas, entre as quais a revitalização dos jardins da praça, a colocação de bancos de madeira e o parque infantil. 

De acordo com Fernanda Gripp, coordenadora regional do Sebrae/RJ, a ideia de realizar o Urban Hacking em Nova Friburgo faz parte de um projeto ainda maior, que é o Destinos Turísticos Inteligentes (DTI), cujo objetivo é alavancar o setor de Turismo de algumas regiões do Estado do Rio de Janeiro. “Em julho de 2017, o Sebrae/RJ fez o lançamento do DTI e o município de Nova Friburgo foi contemplado para implementar o projeto no estado. Desde então, diversas ações estão sendo desenvolvidas por grupos de trabalho compostos por empresários que fazem parte da cadeia do Turismo, parceiros, lideranças locais e o poder público. Dentre as ações desenvolvidas no âmbito do DTI, podemos destacar o Urban Hacking, realizado em junho deste ano, e que desenvolveu atividades de lazer, cultura, economia criativa e entretenimento, promovendo ao mesmo tempo algumas mudanças na Praça do Suspiro, local escolhido por ter um grande fluxo de turistas, da população local e que estava carente de uma revitalização dos jardins e dos demais espaços”, explica.

Ainda segundo Fernanda Gripp, os grupos de trabalho do projeto Destinos Turísticos Inteligentes estão divididos em quatro grandes eixos: Governança, Tecnologia, Experiência e Sustentabilidade, envolvendo aproximadamente 60 pessoas atuantes nas ações previstas.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo