Parceiros



UFJF divulga que Jardim Botânico será reaberto no dia 5 de junho

Autoria: Redação  |  Fotos: Pedro Nobre



A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) anunciou, na manhã desta quinta-feira (23), que o Jardim Botânico será reaberto no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente. O local foi fechado no dia 26 de abril, para a captura da onça-pintada, que ocorreu em 12 de maio.

Depois do animal ser levado para área florestal, o Jardim iniciou limpeza de seus espaços, retirada de galhos quebrados, transporte de armadilhas usadas na busca do animal e ajustes de infraestrutura.

Segundo a UFJF, o local voltará a funcionar no horário usual: de terça a sexta e domingo, das 8h às 17h, com última entrada de visitantes até 16h30. O acesso é gratuito e tem capacidade de receber, por vez, 100 visitantes. Não há limite diário de entrada. O Jardim também receberá, de segunda a sexta, duas turmas escolares com até 50 alunos e professores.

De acordo com o diretor do Jardim Botânico, Gustavo Soldati, a equipe está trabalhando abordagens de educação ambiental sobre o felino nas visitas, mediadas por estudantes da UFJF que atuam como monitores.

A universidade informou, ainda, que os colégios que tiveram visitas canceladas, no período de fechamento, estão sendo contatados para agendarem nova data do passeio. Não há, por enquanto, vagas para mais escolas. De acordo com o reposicionamento das datas, novas oportunidades poderão ser abertas no segundo semestre.

Conforme Soldati, nas próximas semanas serão divulgadas normas e calendário para agendar aulas, projetos de extensão e de pesquisa, como também para a realização de ensaios fotográficos e de vídeo.

 

O aparecimento e a captura da onça-pintada
O primeiro registro da onça foi feito por um vigilante do Jardim Botânico, no dia 25 de abril. O local foi fechado para visitação no dia seguinte. Desde então, apenas a equipe especializada tem acesso para o monitoramento e o trabalho de captura.

Depois ela foi flagrada fora da área da Mata do Krambeck:

·         no estacionamento de um hotel na madrugada de 26 de abril;

·         no estacionamento da Igreja Batista Estrela Resplandecente da Manhã (Ibrem) no dia 1º de maio;

·         na ponte da Mata do Krambeck, na noite de 5 de maio;

·         novamente no estacionamento pelo vigia da Ibrem, quando foi filmada por volta das 20h de 6 de maio;

·         às margens do Rio Paraibuna e em ruas do Bairro Industrial em 7 de maio;

·         dois ataques ao galinheiro em uma casa no Bairro Parque das Torres no dia 8 de maio e também na madrugada do dia 9 de maio.

Ainda de acordo com a UFJF, a onça foi avistada no sábado (11) e pegadas foram encontradas no domingo (12) em local não informado dentro do Jardim Botânico.

A onça-pintada foi capturada na noite de 12 de maio. Duas horas após a captura, a onça foi levada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), em uma caixa metálica, forrada com espuma. Em coletiva de imprensa, foi anunciado que o animal foi para uma área de Mata Atlântica, que não foi divulgada por questões de segurança.

 

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo