Parceiros



Famílias enfrentam dificuldades em cemitério de Petrópolis

Autoria: Redação  |  Fotos: Web



Famílias em Petrópolis estão enfrentando dificuldades para enterrar parentes no Cemitério Municipal. Na manhã desta quinta-feira (16), por exemplo, estava previsto o enterro da idosa Delcisa Capacia, de 91 anos, mas a família ficou sabendo que não tinha gaveta para o sepultamento.

Segundo Sabrina Capacia, neta da idosa, funcionários do cemitério disseram que a mulher seria enterrada em uma cova rasa. A administração do local foi procurada, mas ninguém soube informar onde seria o enterro.

Ainda de acordo com Sabrina, a cova fica no alto de um morro no cemitério, onde ninguém consegue chegar.

Funcionários contaram para a família da idosa que o cemitério tem 300 gavetas desocupadas, que estão abandonadas e precisam de manutenção para serem usadas.

Nesta quarta (15), uma situação parecida aconteceu no local. Os filhos pagaram por uma gaveta para o pai ser enterrado, mas na hora do sepultamento a administração informou que o homem deveria ser enterrado em uma cova rasa. A família se recusou e o corpo voltou para a capela até que uma gaveta fosse providenciada.

Segundo a própria Prefeitura, o Cemitério Municipal possui cerca de 2.400 gavetas, que são alugadas por três anos. Após esse período, é feita a exumação e retirada dos ossos, abrindo novas vagas.

O município diz ainda que esse fluxo é diário e, por esse motivo, em alguns dias pode não haver vaga. O uso de gavetas custa R$ 130,58.

No entanto, os problemas no cemitério não são recentes. No mês de junho, uma família teve que abrir uma cova no Cemitério Municipal. Os familiares pegaram uma enxada para cavar o local onde foi sepultado Devanir José de Lima, de 73 anos. O cemitério não tinha gaveta, nem cova aberta para o sepultamento.

Nesta época, uma equipe de reportagem também flagrou ossadas abandonadas em sacos em um terreno do cemitério.

Em nota, a Prefeitura afirmou que "construiu em 2017, em parceria com a iniciativa privada, 66 gavetas" e que "a Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública já está em fase de planejamento para uma nova parceria público-privada para disponibilizar mais 80 ou 90 gavetas ainda esse ano".

O projeto, ainda segundo a Prefeitura, está sendo feito em parceria com a Secretaria de Obras.

"As 315 gavetas na quadra 15 estão interditadas desde 2008 por conta de um deslizamento no terreno. Para a liberação é necessário que seja executada uma obra de grande porte no terreno", disse trecho da nota, afirmando que busca recursos para viabilizar essas intervenções.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo