Parceiros



Prédio histórico em Campos precisa de medidas urgentes de segurança

Autoria: Redação  |  Fotos: Sheila Leal



Integrantes do Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico (Coppam) de Campos dos Goytacazes visitaram nesta terça-feira (14) o prédio histórico do Centro que desabou parcialmente em junho para fundamentar um relatório para a adoção de medidas que visam a preservação do restante da estrutura e a manutenção da segurança na área.

"Após o desabamento parcial em junho, os escombros foram retirados e houve o escoramento, mas a estrutura ainda está muito vulnerável. É preciso estabilizar o prédio e providenciar uma cobertura, para proteger da chuva e do vento", explicou o coordenador da Defesa Civil, Edison Pessanha, também membro do Coppam.

Segundo a Defesa Civil, o representante da família proprietária deverá apresentar nos próximos dias um projeto para a estabilização e a cobertura do prédio do século XIX, que poderá ser ou não de material impermeável. O projeto será levado à apreciação da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, para execução urgente.

“Em pouco tempo chega a estação chuvosa e o ideal é que até lá esse trabalho já esteja pronto”, acrescentou Pessanha.

O tráfego de veículos no trecho do prédio na Rua Carlos Lacerda já foi liberado, mas os prédios vizinhos continuam interditados, por medida de segurança.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo