Parceiros



CSN se pronuncia sobre pó preto que incomoda moradores de Volta Redonda

Autoria: Redação  |  Fotos: Reprodução



A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) se pronunciou neste sábado (21) quanto ao pó preto que incomoda moradores de Volta Redonda. Em nota, a companhia explicou que o problema é formado por emissões fugitivas pontuais.

Isso significa que as emissões acontecem de forma inesperada, não programada, que não deveriam acontecer, apesar do controle da empresa. Uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente define essa situação como "um lançamento difuso na atmosfera de qualquer forma de matéria sólida, líquida ou gasosa, efetuada por uma fonte que não possui dispositivo projetado para dirigir ou controlar seu fluxo".

A companhia informou ainda que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) foi informado e medidas técnicas estão sendo tomadas. A reportagem procurou o Inea, mas não obteve retorno.

A emissão do pó preto tem incomodado muitos moradores do município. Um vídeo foi feito por um deles, do bairro São João, mostrando como era o pó, que era atraído por um imã, ou seja, fuligem de ferro. É esse pó que vem acumulando nas casas, mudando a rotina dos moradores, que precisam limpar a residência com mais frequência. Além disso, causa também problemas respiratórios devido à poluição.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo