Parceiros



Juiz de Fora registrou quase 1.400 afastamentos por acidentes de trabalho apenas no último ano

Autoria: Redação  |  Fotos: Mônica Cury



Em 2017 foram registrados 1.396 afastamentos por acidente de trabalho em Juiz de Fora. Os dados são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). No mesmo período, seis pessoas morreram em decorrência desses acidentes na cidade.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as notificações de acidente de trabalho que mais cresceram em Juiz de Fora de 2016 para 2017 foram as que envolvem transtornos mentais. No entanto, ainda lideram o ranking os afastamentos por dores crônicas nas costas e articulações, seguidos por lesões e fraturas.

A cidade registra crescimento no número de afastamentos por acidentes de trabalho nos últimos anos. Em 2017 foram 1.396 registros, enquanto em 2016 foram 1.385 e em 2015, 1.363. O levantamento ainda não apresenta atualização dos dados referentes a 2018.

 

Principais motivos

O levantamento aponta que, no acumulado entre 2013 e 2017, os principais motivos de afastamento de trabalho em Juiz de Fora são as dores crônicas nas costas e articulações.

Em seguida, aparecem as lesões e fraturas. Também ocupam lugar de destaque entre as causas de afastamento os transtornos mentais. 

 

Setores com mais afastamentos

O setor que registrou o maior número de casos de afastamento por acidente de trabalho em Juiz de Fora, também no acumulado entre os anos de 2013 e 2017, foi o de comércio varejista, principalmente aqueles que trabalham com produtos alimentícios, como supermercados.

Em seguida, aparecem os setores de administração pública em geral, atividades hospitalares e construção civil. 

 

Setores com mais acidentes

O setor que registrou maior número de acidentes de trabalho em Juiz de Fora na série histórica engloba as atividades de atendimento hospitalar, com 1.783.

Em seguida, aparecem os setores de comércio varejista e de construção, com 582 e 511 registros, respectivamente.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .


A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Voltar ao topo